DestaqueNotícias

Diretora da Organização Mundial da Saúde, faz apelo sobre realização do Carnaval no Brasil

Me preocupa quando vejo no Brasil a discussão sobre o Carnaval. É uma condição extremamente propícia para aumento da transmissão comunitária. Precisamos planejar as ações para 2022”, apelou Mariângela Simão, diretora-geral adjunta de acesso a medicamentos e produtos farmacêuticos da OMS (Organização Mundial da Saúde).

A diretora demonstrou sua preocupação durante o Congresso Brasileiro de Epidemiologia, nesta segunda-feira (22). Ela reforçou que na Europa há um novo aumento de casos de Covid-19, com o vírus evoluindo com variantes mais transmissíveis.

Outro ponto que Mariângela Simão chama a atenção, é que parece ter havido uma dissociação entre casos e mortes, por conta de a vacinação ter reduzido os óbitos. Mas ela lembra que ‘a imunização reduz as hospitalizações, mas não interrompe a transmissão’.

O carnaval

O prefeito de Salvador disse esperar se reunir com o governador do Estado ainda esta semana para definir se haverá a festa (Foto: Reprodução/Divulgação)

Enquanto em Salvador o prefeito Bruno Reis e o governador do Estado Rui Costa, ainda discutem se haverá ou não o carnaval no ano que vem, o portal G1, trás uma matéria informando que em São Paulo, ao menos 64 cidades já cancelaram o evento.

Sobre a vacinação no Brasil, a diretora da OMS, Mariângela avalia está andando bem. Porém, disse que a partir da situação na Europa, o futuro da pandemia no Brasil, torna-se preocupante especialmente pela discussão sobre a realização do carnaval.

O G1 publicou também, que durante o Congresso ela apontou ainda que a transmissão permanece concentrada em populações suscetíveis e onde as medidas sociais e de saúde são usadas de forma inconsistente.

Este é um dos fatores determinantes da ressurgência de casos na Europa. Os surtos que estão havendo em diferentes países europeus são por conta do aparecimento de casos em pessoas não vacinadas“, disse Mariângela.

Deixe seu comentário... é importante para nós!

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: