Notícias

Em Sessão Solene, Câmara de Vereadores de Cruz das Almas homenageou professores

*Imagem: Reprodução/Ilustrativa

A Câmara Municipal de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, realizou nesta segunda-feira (25), uma Sessão Solene em homenagem ao Dia do Professor.

Com a galeria repleta pelos educadores e seus familiares, o evento que começou por volta das 20h e finalizou quase a meia noite, contou com a presença da secretária de Educação do Município, Geisa Novaes.

A oradora oficial Deuma dos Santos Silva, professora de geografia e sociologia, ressaltou em sua oratória, entre outras coisas, a importância da função do educador na formação de uma sociedade. No final ela fez citações ao filósofo e pedagogo brasileiro, Paulo Freire (morto em 1997),que em setembro passado completaria 100 anos.

Os homenageados

A professora Márcia Elaine Maçal, foi homenageada pelo vereador Thiago Chagas – *Imagem: Reprodução/Ilustrativa

Cada um dos profissionais homenageados pelos quinze edis na noite, teve seu mérito à horaria pelo relevante serviço prestado em sua atividade no município. Porém, uma docente específica, merece um destaque, não apenas pela dedicação ao ofício, mas, também por sua história de superação de vida. Trata-se da professora Márcia Elaine Maçal Lemos.

A indicada do presidente da Câmara, Thiago Chagas (PSD), enfrentou e superou o doloroso e prolongado tratamento de um câncer.

E em discurso de agradecimento, Lemos fez questão de relatar os desafios enfrentados e os apoios recebidos, especialmente dos alunos, durante a sua luta. “A glória maior do meu humilde ofício, consistirá em contribuir de alguma forma com o crescimento pessoal de meus alunos, deixando não apenas a cultura informativa. Mas através da minha história, as sementes como lição para a vida, que ela poderá inspirar, ensinar, libertar as as emoções, romper os cárceres do medo e os prepararem para para ter um caso de amor com a vida“.

Segundo a mineira que chegou à Cruz das Almas aos 14 anos de idade e adotou a cidade como sua nova casa, além do aprendizado escolar, a empatia com o outro, é uma das principais lições a se aprender, a cada dia. “Pois informações, elas são arquivadas na memórias, mas histórias construídas juntas, acompanhadas, são cravadas no coração. E todos aqueles alunos que puderam me acompanhar, que puderam vivenciar comigo, a perda do meu cabelo, as vezes que eu voltei pra fazer quimioterapia, as vezes que eu voltei quando descobri um novo tumor… então, tudo isso eu tenho certeza que está marcado na vida deles, como também desenvolveu em cada um deles, a sensibilidade e a empatia pelos problemas dos outros também”, ressaltou ela em mais um trecho de sua fala.

Deixe seu comentário... é importante para nós!

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: