DestaquePOLÍTICA

Vice-governador da Bahia visita Cruz das Almas e apresenta planos para a região

Em visita a Cruz das Almas na manhã desta sexta-feira(3), o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), apresentou planos, segundo ele, para uma melhor distribuição da arrecadação do Estado, visando fortalecer o no Recôncavo e tornar o município, um polo propulsor do desenvolvimento econômico de uma microregião formada por cidades limítrofes.

Leão que ocupa o cargo de Secretário de Planejamento, informou que atualmente o Recôncavo representa apenas 0,85% da arrecadação do estado, em detrimento a 72,74% da Região Metropolitana de Salvador e pouco mais de 5% do Litoral Norte e região de Feira de Santana. “Chegou a hora do Recôncavo. De nós darmos uma atenção especial ao Recôncavo. Precisamos colocar isso aqui, para o equivalente a Feira de Santana e ao Litoral Norte“, prometeu.

Para ele, é importante que haja a descentralização da economia do estado. “A Bahia tem que mudar a matriz de desenvolvimento para as cidades do interior“.

A ideia do governo do estado é fazer parcerias com a Embrapa e a UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), para a execução do plano. O convite, inclusive, foi para que a universidade coordene o projeto.

De acordo com o vice-governador, a meta é aumentar a receita do Recôncavo e Baixo Sul, dos atuais R$ 50 bilhões, para R$102 bilhões em 10 anos.

A estratégia apresentada para o aumento dessa receita, passa principalmente, pela construção da ponte que liga Salvador à Ilha de Itaparica, criando interligações entre municípios próximos, para reduzir a distância até a capital.

Vários prefeitos da região, deputados e outras lideranças políticas também participaram da reunião.

Cruz das Almas

Por sua vez, o prefeito Ednaldo Ribeiro (Republicanos) demonstrou esperança no fortalecimento de seu município e da região. “Fiquei bastante esperançoso de que teremos um Recôncavo mais forte e Cruz das Almas anseia por esse desenvolvimento“, disse ele, demonstrando satisfação pelo encontro ter acontecido na cidade.

João Leão afirmou que o objetivo é transformar Cruz das Almas, numa espécie de capital do Recôncavo, semelhante com o que já acontece com Santo Antônio de Jesus. Por isso, o encontro da Agenda de Desenvolvimento Territorial do Recôncavo, aconteceu na cidade administrada por Ednaldo Ribeiro e não no município vizinho, onde segundo ele, já há uma grande concentração de benefícios.

No encontro também foi assinado um documento com pedidos ao governo do estado, para a revitalização da feira livre por meio da doação de 600 barracas e a instalação de uma unidade do SAC em Cruz das Almas.

*Crédito das Fotos: Reprodução Divulgação

Deixe seu comentário... é importante para nós!

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: