ExteriorNotícias

Bahia ganha primeiro voo da Polônia e amplia atração de turistas internacionais

*Texto: Ascom/Setur – Foto: Tatiana Azeviche

Em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (19), na Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), em Salvador, o titular da pasta, Maurício Bacelar, e a direção da empresa de receptivo Amahuaca Brasil, parceira oficial da Itaka, a maior operadora de viagens do Leste Europeu, anunciaram a abertura do primeiro voo de Varsóvia, capital da Polônia, para Salvador.

A nova linha será na modalidade fretamento, feito pela Itaka, sempre aos domingos, em aeronave da Lot Polish Airlines (Boeing 787-900), com capacidade para 294 passageiros. A temporada começa em 29 de outubro e vai até 7 de abril de 2024. A expectativa é que 6,5 mil poloneses visitem a Bahia no período, injetando 7 milhões de dólares na economia do estado.   

“O Governo da Bahia registra um feito inédito, com esse voo Varsóvia-Salvador, que nunca tinha acontecido no estado. Uma demonstração do esforço para ampliar a nossa conectividade aérea internacional. O início, com voos fretados, é a largada para a prospecção de linhas regulares, que desejamos conquistar mais à frente. Os turistas poloneses se preparam para conhecer os diversos atrativos baianos, com reservas já confirmadas em hotéis de Salvador e resorts da Costa dos Coqueiros”.  

“O presidente da Itaka visitou o litoral norte baiano, se encantou com as belezas naturais da região e decidiu investir em voos fretados da Polônia para Salvador. É a abertura de um novo mercado no Brasil, com amplas possibilidades de expansão para todo o Leste Europeu. Na primeira temporada, serão 23 voos, em aeronaves modernas”, relatou o diretor da Amahuaca, Luis Henrique Afonso.  

O gerente de Marketing e Negócios da Salvador Bahia Airports (Rede Vinci), Marcus Campos, e o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav-BA), Jean Paul Gonze, participaram também da coletiva e comentaram a vinda dos poloneses.  

“É uma demonstração que estamos diversificando os mercados emissores de turistas, resultado da parceria entre o aeroporto de Salvador e o governo baiano, que envolve a promoção e comercialização dos destinos e diálogo com as companhias aéreas”, disse Campos.  “Fiquei até surpreso. As coisas estão acontecendo na Bahia, de uma forma muito rápida, agora com a vinda dos poloneses, que serão bem recebidos em nosso estado”, completou Gonze.

Deixe seu comentário e compartilhe

Botão Voltar ao topo