DestaquePolítica

Muritiba terá Colégio Militar “por disciplina e costumes”, justifica autor da indicação

Uma indicação do vereador e presidente da Câmara de Muritiba, Andre Pazos da Rocha (PSD), pede a implantação naquele município, localizado no Recôncavo Baiano, de uma unidade do CPM (Colégio da Polícia Militar).

Em reunião recente com representantes da PM (Polícia Militar), da Secretaria da Educação e outras lideranças políticas locais, o autor do pedido ressaltou a importância do projeto. “Foi um prazer participar desta reunião para esse projeto que busca implantar o colégio padrão CPM (colégio da polícia militar) para Muritiba. Essa ação em conjunto com a instituição, somará muito na educação dos nossos jovens do nosso município”, iniciou o parlamentar, a legenda de uma postagem em suas redes sociais.

Na indicação 129/2022, Rocha solicita ao chefe do Executivo a instalação de um projeto piloto daquele modelo de escola, na cidade.

Justificativa

Disciplina, costumes e economia, estão entre as justificativas adotadas pelo vereador André Rocha, para a instalação do referido regime de ensino em seu município, inspirado em experiências já existentes na Bahia.

Na Bahia há parcerias de prefeitura com a Polícia Militar, com o aval do governo estadual. Segundo publicações 18% das escolas estaduais já adotam esse modelo. Na escola Ivete Oliveira, em Serrinha, houve aumento no número de matrículas para 2020, após a adoção do modelo, e segundo o prefeito atual, já se percebeu até economia em manutenção por conta do baixíssimo nível de depredação. Nesse modelo os oficiais organizam e cobram: disciplina, [cumprimento de] horários, costumes e atividades físicas…”, diz trecho do documento redigido pelo parlamentar.

Confira aí a integra da Justificativa do autor do projeto

Deixe seu comentário e compartilhe

Botão Voltar ao topo