Trilhas Literárias

Esquinas do Seu Corpo

*Déll Santana

Nessa avenida
onde cruzo
com as esquinas do seu corpo;
eu passo só para vê-la
tão linda, tão menina
tão mulher
.

Desabrochando, um sorriso tão puro
lançando
um olhar verdadeiro;
enquanto eu, balbuciando, quase mudo
busco seu beijo
e seu confesso, de que me quer
.

E quando seu olhos
miram para mim,
sinto fervilhar o meu sangue… todo
.

E meus nervos
flechados pela lança desse olhar,
ardem e queimam, feito fogo
.

Deixe seu comentário... é importante para nós!

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: