Negócios

Crédito para socorrer micro e pequeno empreendedor: saiba como conseguir

Nesse período de pandemia, os micros e pequenos empreendedores vêm enfrentando sérias dificuldades para manterem suas atividades funcionando. Por isso, o Sebrae e a Caixa Econômica Federal, desenvolveram um programa de linha de crédito, de cerca de R$7,5 bilhões, para socorrer essas categorias, tendo como garantia o FAMPE (Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas).

Para ter acesso ao crédito, é necessário obter as orientações desenvolvidas pelo Sebrae, para auxiliar a sua decisão sobre a tomada do empréstimo. A instituição preparou um vídeo de 5 minutos (que será obrigatório assistir), com informações fundamentais ‘para saber se essa é realmente a melhor solução para o seu negócio’.

Porém, para assistir o vídeo, é preciso fazer um cadastro da sua empresa, com CNPJ, no Portal Sebrae, conforme informa a entidade. “Ver o vídeo é condição obrigatória para você, que ainda não é cliente do Sebrae, conseguir iniciar a conversa com a Caixa. O banco terá acesso automatizado às informações necessárias para checar os clientes que assistiram ao vídeo. Além disso, você precisa aguardar 72 horas após a visualização do vídeo, para realizar o segundo passo abaixo, tempo necessário para atualização dos seus dados”.

Clique neste link para acessar a página Sebrae e depois aqui para fazer o cadastro e login para assistir o vídeo. Ou se preferir, após acessar a página do Sebrae, clique na imagem Segundo Passo.

Os donos de micro e pequenas empresas, serão acompanhados ao longo de todas as fases da operação, através da oferta de capacitações e soluções adequadas às necessidades de cada empreendedor e ao estágio em que ele se encontra no processo do crédito. Isso possibilita uma melhor gestão dos recursos e consequentemente torna a MPE mais preparada para o mercado“, diz o informe da Caixa.

Após verificar todos os detalhes, você demonstrar interesse em adquirir o empréstimo, porém, caso ainda tenha alguma dúvida, clique aqui para obter mais informações junto à Caixa Econômica Federal.

.

Segundo passo


Agora que você aguardou as 72 horas e está mais seguro da necessidade do crédito, siga os próximos passos. Mas fique atento: a empresa deve ter pelo menos 12 meses ininterruptos de faturamento e não pode haver nenhuma restrição em seu CNPJ ou no CPF dos sócios“, continua o informativo do Sebrae.

Estando habilitado(a), o próximo passo é se dirigir até uma agência da Caixa, levando toda a documentação necessária, conforme relação abaixo.

CNPJ, CPFs dos sócios e representantes da empresa. Se a empresa for MEI, enviar o CCMEI. Para as demais empresas, enviar o Contrato Social e suas alterações. Comprovante de endereço dos sócios e representantes da empresa. Comprovação do Faturamento: Se for MEI, encaminhar o DASN-Simei com 12 meses de faturamento ininterruptos. Para as demais empresas, encaminhar o extrato do Simples Nacional com faturamentos ininterruptos dos últimos 12 meses.

.

Saiba o que é o FAMPE

.

FAMPE é o Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas que o Sebrae disponibiliza nos bancos conveniados.

O fundo concede aval financeiro complementar aos pequenos negócios. Quando um empreendimento não tem todas as garantias necessárias para conseguir um financiamento, é o FAMPE que as complementa.

O FAMPE pode garantir, de forma complementar, até 80% de uma operação de crédito contratada, dependendo do porte empresarial do solicitante e da modalidade de financiamento.

Deixe seu comentário... é importante para nós!

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: